terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Como funciona o universo - Discovery Channel

Sinopse:
Você já se perguntou do que é feito o nosso Universo? Como ele surgiu e Como funciona? A série em oito episódios Como Funciona o Universo mostra, de forma inédita, o funcionamento interno do nosso planeta, do Sistema Solar e das galáxias. Os episódios investigam o cosmos, explorando uma ampla variedade de fascinantes fenômenos celestiais. Dos buracos negros às supernovas, passando pelas estrelas de nêutrons e a matéria escura, cada episódio investiga a origem e evolução destes fenômenos. Com um elenco dinâmico de especialistas e uma nova geração de imagens geradas por computador, esta série permite que os telespectadores descubram a origem do Universo e de tudo o que nos rodeia.

Elenco:
Marcelo Gleiser - Físico / Narrador
Phil Plait - Astrônomo
Michio Kaku - Físico Teórico
Eve Stenson - Astrofísica
Paul Drake - Físico
Lawrence Krauss - Teórico Físico

Ficha Técnica:
Título Original: How The Universe Works
Direção: Peter Chinn
Produção: Pionner Productions para Discovery Channel
Audio: Português
Ano de Lançamento: 2010
Duração: 43min [média]

Onde encontrar o documentário:Manic - Documentários


Episódio 01 - Estrelas
Como o universo criou as estrelas e elas deram origem a todas as outras coisas. Elas mudaram o universo engendrando novas gerações de estrelas, planetas e, finalmente, os elementos fundamentais da vida.


Episódio 02 - Buracos negros
Os buracos negros são a força mais destruidora, poderosa e misteriosa do universo. Durante anos, sua existência foi especulada, mas a astronomia moderna provou que eles são reais, comprovando ainda que podem ser imprescindíveis para o equilíbrio do universo. Ficaremos sabendo como é que eles nascem a partir da morte de estrelas maciças, como seria viajar por dentro de um buraco negro e conheceremos as possibilidades de que um dia possamos realmente ver um deles de perto.

Episódio 03 - O Big Bang
Este episódio investiga como o universo veio a existir a partir do nada, e como cresceu de um minúsculo ponto, menor que uma partícula atômica, até formar o vasto cosmos que vemos hoje.

Episódio 04 - Galáxias - YouTube
As galáxias, lar das estrelas, dos planetas e dos homens, existem em todas as formas e tamanhos. Este programa testemunha a evolução das galáxias, desde as nuvens de gases que flutuam no vácuo espacial há 13 bilhões de anos, até as magníficas espirais.

Episódio 05 - Sistemas solares
O Sistema Solar é nosso lar estável e confortável no universo. Mas o que sabemos sobre sua formação? Descobertas recentes revelam uma história de colisão entre planetas, alguns até foram devorados pelo Sol. Modelos futuros prevêem sua morte violenta. Desde a primeira descoberta de um planeta que orbitava uma estrela, em 1992, mais de 280 sistemas solares exógenos foram identificados. Observando sistemas solares muito afastados do nosso que poderemos compreender quão fascinante é a parte do universo que nos cabe.

Episódio 06 - Planetas
Existem apenas oito planetas em nosso sistema solar, mas podem existir 100 bilhões de planetas somente na Via Láctea. Este programa acompanha a jornada dos planetas, ao evoluírem de grãos de poeira a mundos magníficos.

Episódio 07 - Luas
Recentes descobertas revelaram que as luas são os laboratórios químicos do Cosmos, e o lugar mais provável para encontrarmos vida fora de nosso planeta. Enquanto algumas luas não passam de asteróides capturados pelo campo gravitacional, outras são partes de gigantescos sistemas. Conheceremos a existência de 300 luas de nosso Sistema Solar – mas podem existir milhões. Saber como essas luas nasceram e como morrem é fundamental para o conhecimento das origens do nosso planeta – e do lugar que ocupamos no universo.

Episódio 08 - Supernovas
As estrelas não são eternas; elas estão morrendo a todo o instante, em imensas explosões. Vindo em segundo lugar após o Big Bang, essas explosões fazem com que a criação e se encontrem. No núcleo de uma estrela, ouro, chumbo, oxigênio e inúmeros outros elementos complexos são criados. Quando a ‘fornalha’ nuclear da estrela se esvazia, esses materiais vitais são atirados no espaço em um fenômeno de proporções gigantescas: as supernovas. Assim são criados os planetas, plantas e oceanos que vemos hoje. As supernovas fizeram até a nós mesmos e as partículas de ferro em nosso sangue.

Um comentário: